Para dar continuidade à proposta de inovação do Berçário Sentidos da Vida e também, da Educação Infantil, a diretora do Instituto Maria Auxiliadora (IMA), Angelita Maria Gambeta Stuepp, viajou no dia 12 de março para a Itália.

Lá teve a possibilidade de fazer visitas guiadas às escolas da Infância e escolas Primária em Reggio Emília, região reconhecida internacionalmente pelas inovações realizadas para o segmento da primeira infância. Participou também, de  uma jornada formativa com os professores italianos no Centro Internacional Loris Malaguzzi, aprofundando a temática referente ao Ambiente digital e as Cem linguagens da Criança.

O IMA inspirado nos princípios educativos desta abordagem, implantou em 2017 o Berçário Sentidos da Vida e revitalizou no início de fevereiro deste ano, o prédio da Educação Infantil, onde foram integrados ambientes de áreas internas e externas, ao mesmo tempo que intensificou a formação de toda a equipe pedagógica.

Vale ressaltar, que desde 2017 a diretora vem realizado em São Paulo, a primeira Pós-graduação no Brasil com a Abordagem Educativa de Reggio Emília. A partir desse estudo, a diretora vem realizando formação com as educadoras para trabalharem essa abordagem por meio das propostas pedagógicas.

Proposta pedagógica de Reggio Emília:

A abordagem de Reggio Emília, é uma metodologia inovadora na qual orienta, guia e cultiva o desenvolvimento intelectual, emocional, social e moral das crianças, colocando-as como portadoras de habilidades em potencial, oportunizando assim, a sua criatividade por meio de diferentes materiais e recursos.

Após conhecer a abordagem italiana de Reggio Emília, a diretora retornou para Roma para participar do Projeto Mornese, que aprofundará o estudo e visitas em Turim, Florença e em Mornese sobre as origens da Congregação Salesiana, bem como a história dos fundadores São João Bosco e Madre Mazzarello, mas especificamente, sobre os princípios da formação e fundação do Instituto Maria Auxiliadora.